Proibir marketing infantil é retrocesso, afirma presidente da Abral

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Proibir marketing infantil é retrocesso, afirma presidente da Abral

O projeto de Lei 5.921/2001, que proíbe todo tipo de comunicação mercadológica dirigida à criança, de autoria do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR), será um dos temas em debate na I Conferência Internacional de Marketing Infantil, que acontece de 4 a 6 de novembro, na FAU/USP (Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo).

Para o presidente da Associação Brasileira de Licenciamentos (Abral), Sebastião Bonfá, que participará do painel “Quais as principais preocupações frente às possíveis novas restrições”, o projeto de Lei 5.921/2001 é “um retrocesso”, tanto na questão do mercado de marketing e licenciamentos, como para a economia do país. De acordo com Bonfá, a aprovação do Projeto de Lei causará uma reação em cadeia em todo o segmento que atua com marketing infantil, culminando com a alta do desemprego. “No setor de licenciamentos, o prejuízo giraria em torno de R$ 4 bilhões. Sem contar que uma lei dessa natureza remeterá o país a um modelo ditatorial, a exemplo de Cuba e da Rússia”, afirma.

“O segmento de marketing infantil já possui órgãos regulamentadores, que punem empresas que abusam da propaganda dirigida a esse público. Dessa forma, não vejo necessidade de se criar uma lei tão radical como a do deputado Hauly”, explica. Segundo ele, a Abral e mais 17 entidades, que atuam no marketing infantil, estão em mobilização contra a aprovação do projeto de Lei. “Seria acabar com o mundo da propaganda”, finaliza.

Para discutir essas e outras questões relacionadas à comunicação com o público infantil, Simone Manara, presidente da Carpe Diem Eventos, idealizou a I Conferência Internacional de Marketing Infantil. “Proibir não é a saída. É preciso repensar a forma de se relacionar com esse público e aprender com países que já passaram por esse processo”, pondera.

A I Conferência Internacional de Marketing Infantil será realizada no auditório da FAU/USP, na Cidade Universitária, em São Paulo. Reunirá profissionais de marketing, empresários ligados ao setor infantil, estudiosos e especialistas do Brasil [incluindo o consultor Arnaldo Rabelo] e do exterior, para discutir os rumos do marketing voltado à nova geração de kids & teens. A Conferência é realizada pela Carpe Diem, empresa que há mais de 20 anos desenvolve eventos sócio-educativos.

Site do evento: www.cimi.carpediemeventos.com.br

Fonte: Portal Fator Brasil – 23/09/09

Comments

comments

Comments

comments