Pesquisa diz que cereais matinais têm muito açúcar

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Para Pro Teste, isso pode afetar hábitos alimentares das crianças

Estudo do Pró Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), afirma que o teor de açúcar nos principais cereais matinais comercializados no Brasil está muito acima do ideal para o consumo de crianças.

A pesquisa analisou as 18 marcas mais vendidas no país, produzidas pelas empresas Kellogg’s, Nestlé e Nutrifoods.

Os cereais apresentaram de 7,6 a 13 gramas de açúcar por porção de 30 gramas do cereal.

A Pro Teste alega que alimentos extremamente doces podem estragar os hábitos alimentares das crianças, porque as comidas saudáveis,pouco adocicadas,deixam de agradar.

Também aponta que o consumo exagerado pode aumentar o risco de diabete e obesidade.

Mesmo concordando que os cereais cumprem as exigências da legislação brasileira, a Pro Teste pretende fomentar regras mais restritivas para a composição dos produtos.  A associação colocou no seu site www.proteste.org.br um abaixo assinado de apoiadores da iniciativa.

Fonte: O Estado de S. Paulo – 01/10/2008

—-

Cabe às indústrias não apenas oferecer o que as crianças pedem, mas também procurar beneficiá-las a longo prazo. Isso implica em oferecer opções saudáveis e incentivá-las a terem hábitos que promovam a boa saúde.

Comments

comments

Comments

comments