O perfil de consumo das crianças portuguesas

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Saiu uma matéria no Correio da Manhã, de Portugal, com várias informações interessantes sobre marketing infantil. O jornal comenta a polêmica que o assunto desperta e cita algumas organizações que visam coibir abusos, como o Instituto Alana no Brasil.

Seguem algumas das informações que Maria Ramos Silva e Marta Martins Silva mostram na matéria:

80 % DECIDE ATÉ 2010
As crianças serão responsáveis por 80% das compras de uma casa até 2010, calculam as empresas e concordam os pais. Os gastos com os filhos, como educação, alimentação, saúde e diversão, chegam a representar 75% da totalidade do orçamento familiar de uma casa.

‘A CRIANÇA SÓ SE DEIXA MANIPULAR SE OS PAIS DEIXAREM’
A pedopsiquiatra Ana Vasconcelos não tem dúvidas: ‘uma criança só se deixa manipular se os pais se deixarem manipular, porque vive a sociedade de consumo da mesma forma que os pais’, explica, sublinhando que ‘a notícia é boa’ para os que temem os efeitos do marketing dirigido aos mais novos. Também diz que sim, que ‘hoje as crianças estão mais expostas’ mas não acredita que antes dos 4 anos os pequenos se deixem influenciar, contrariando o ‘pai’ do marketing infantil James McNeal, que diz que durante o estádio sensório-motor (0-2 anos) de Piaget, aos 4 meses, isso pode acontecer. ‘A partir dos 4 anos querem as coisas que o amigo tem ou que viram na televisão, o que se explica não só com o desejo do ter mas também o de imitar’, explica Ana. Aos pais, a pedopsiquiatra aconselha a ‘não recear frustrar as expectativas dos filhos só porque o marketing assim o exige’. Até pela importância de conversar e explicar os argumentos que fazem com que a resposta ao pedido seja um redondo ‘não’. ‘A sociedade de consumo tem armadilhas e tendemos a ceder às coisas de que gostamos e não ceder às outras, o que nos deixa sem argumentos válidos’. ‘Mais a sério’, em relação à influência dos mais novos na escolha da casa ou carro, a especialista relaciona com o papel que a criança adquiriu no século XXI. ‘A criança é um reizinho e desde que os pais sabem que vão ter um filho tudo passa a girar em volta dele: o poder lhe é dado mas ele não o tem na realidade, perante responsabilidades tão importantes. Isso acontece quando os pais são reféns de ser pais e mães.’

O PERFIL DOS PEQUENOS GRANDES CONSUMIDORES

ENTRE OS QUATRO E OS SEIS ANOS
Passam os dias na escola, local para onde vão já com o café da manhã tomado. Nos intervalos conversam sobre os programas que vêem na TV e respectivos heróis. Gostam de jogar bola, de pintar e de passear ao ar livre. 92% confessam adorar andar de bicicleta.

ALIMENTAÇÃO E PRODUTOS
A maioria (73%) almoça na escola. Prefere massas (93%), salsichas (89%) ou sucos de fruta (88%). O jantar é em casa, e se puderem escolher optam por massa (31%) com salsichas (18%) ou bife (11%) com batatas fritas (18%). Apesar de não gostarem (59%), os pais obrigam-nos a comer legumes. Entre os produtos que escolhem sozinhos destacam-se brinquedos (59%) e guloseimas (53%).

TELEVISÃO E INTERNET
93% vê televisão depois do jantar ou jogam no computador (59%). Panda, TVI e SIC são os canais favoritos. No top de programas, a ‘Floribella’ mantém-se no primeiro lugar. O ‘Noddy’ entrou diretamente para o segundo lugar enquanto os ‘Morangos com Açúcar’ desceram ao terceiro. 62% gostam de ver anúncios e a utilização da internet cresceu 7%.

ÍDOLOS
Os ídolos também mudaram entre a primeira e a segunda edições do estudo. Se em 2005/06 a ‘Barbie’, os D’ZRT e a ‘Floribella’ ocupavam o pódio, agora a ‘Floribella’ subiu ao primeiro lugar e deixou os restantes para o ‘Ruca’ e as ‘Princesas Disney’.

ENTRE OS SETE E OS DEZ ANOS
À semelhança dos mais pequenos, estas crianças passam o dia na escola onde, nos intervalos, fazem jogos de grupo (81%), vão à internet (79%) e ouvem música (84%). Falam sobre os seus temas de interesse, destacando: animais domésticos (46%), esporte (33%) e wrestling (33%). Gostam de falar no MSN e jogar PlayStation.

ALIMENTAÇÃO E PRODUTOS
Geralmente jantam com a família em casa, havendo dias em que os pais os levam a jantar fora e os deixam escolher o local onde comer (77%). Optam por massa (17%) com carne (15%) ou pizzas (15%). Os sorvetes são escolhidos por 65% das crianças, as guloseimas, 60%, as bolachas, 45%, as batatas fritas, 43%, e os chocolates, 40%. Entra em campo o conceito de mesada. 52% recebem-na em dinheiro e 1% no cartão da escola. 56% popupam, contra os 12% registados em 05/06.

TELEVISÃO E INTERNET
A TVI e o Panda são os canais favoritos desta faixa etária, a que este ano se junta a SIC, destronando o Disney Channel. Os ‘Morangos com Açúcar’ e a ‘Floribella’ mantêm a liderança, seguidos do ‘Wrestling’, que fez sair do pódio o ‘DóRéMi’. Estas crianças começam a revelar um crescente interesse pela internet, que cresce de 31 para 44%, e desinteresse pela televisão. Apesar de também estar em decréscimo, 55% destas crianças gostam de ver anúncios. Face ao ano anterior há mais 14% dos inquiridos que dizem ter celular (um total de 49%). 58% têm internet e 80% TV cabo.

ÍDOLOS
Enquanto em 2005/06 os ídolos eram os D’ZRT, a ‘Matilde’ e o ‘Tiago’ (dos ‘Morangos com Açúcar’) e a ‘Floribella’, agora foram substituídos pelos lutadores de wrestling como John Cena. Quanto à escolha de produtos, 67% preferem brinquedos, comprados com a mesada, que serve ainda para guloseimas, refeições, a compra de jogos, revistas e sapatos.

CRIANÇAS DE 11 E 12 ANOS
Já não querem ser tratadas como crianças, revelam outros interesses. Um deles é o cinema onde os pais os levam (81%), algumas vezes quando jantam fora e escolhem o local da refeição (88%). Na escola, nos intervalos, aproveitam para falar ao celular, jogar e enviar SMS. É que 80% destes jovens têm celular.

ALIMENTAÇÃO
As guloseimas são exatamente o produto que mais jovens desta idade escolhem sozinhos (59%). Seguem-se os sorvetes (57%), os brinquedos (51%) e as bolachas e material escolar (47%). Batatas fritas, sucos e chocolates são os produtos que se seguem, sendo escolhidos por 44, 41 e 39% destas crianças, respectivamente. Dos inquiridos, 74% recebem mesada (contra 66% no ano passado). Esse dinheiro é usado em 35% dos casos para guardar no cofre, pagar café da manhã/lanche (34%), comprar guloseimas (20%) e revistas (14%).

TELEVISÃO E INTERNET
Depois de jantar, via de regra vêem um pouco de televisão com os pais. Entre os programas eleitos estão as telenovelas e o ‘Wrestling’, na TVI, SIC e SIC Radical. À semelhança das crianças mais novas, também estas têm nos ‘Morangos com Açúcar’ um dos programas preferidos. A internet, que existe em 69% das casas dos pesquisados, é usada em situações de lazer, para jogar ou falar com os amigos, mas também para pesquisar informação para a escola.

ÍDOLOS
Ao contrário do ano passado, em que havia ídolos muito fortes como a ‘Matilde’ e o ‘Tiago’ (44%), a ‘Floribella’ (39%) e o ‘Harry Potter’ (26%), este ano os ídolos não reúnem o consenso de mais de 17% dos entrevistados, no caso da Shakira. Admirados são também o jogador de futebol Cristiano Ronaldo e, mais uma vez, as personagens do universo da luta livre.

Fonte: Correio da Manhã – 01/06/08

Comments

comments

Comments

comments