Operadora lança celular para crianças

Tempo de leitura: menos de 1 minuto


Chegou ao mercado em outubro um objeto do desejo de crianças de 4 a 8 anos: um aparelho celular infantil. A novidade foi lançada pela empresa brasileira Celplay, que espera vender até o final do ano 20 mil aparelhos em todo o País. O sócio-proprietário Sérgio Pommerening, ex-executivo de multinacionais no Brasil, não divulga o investimento, mas garante que o desenvolvimento do software de gestão é 100% nacional. O celular pré-pago custará R$ 750,00, em média, e poderá ser habilitado nas operadoras TIM, Claro ou Oi. O pós-pago, com previsão de lançamento no final do mês deverá custar cerca de R$ 400,00.

Esse é o primeiro celular infantil do mundo com total controle dos pais, jogos, interatividade, câmera digital, bichinho virtual e tudo programável. O dono da idéia espera que o produto seja a febre de consumo desse Natal. Pommerening também pretende exportar o Celplay Criança para países da Europa, com os quais disse que já iniciou negociação.

Criada há um ano em São Paulo, a Celplay é uma empresa de convergência tecnológica que tem como parceiros a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi) e a Procomp. Pommrening diz que foi despertado para esse mercado pelo filho de 6 anos, que lhe pedia com freqüência um celular e um joguinho eletrônico, mas ele não encontrava no mercado nenhum produto que lhe parecesse seguro.

“Faltava uma opção que tivesse tecnologia associada à segurança e conteúdo correto, com foco na cidadania, nos bons costumes e na ética. Senti a necessidade do mercado de produtos convergentes politicamente corretos para crianças e adolescentes”, conta o empresário.

Fonte: Correio Popular

Comments

comments

Comments

comments