A moda da maquiagem para crianças

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O Fantástico (Rede Globo) mostrou no dia 28/10 uma reportagem sobre o uso de maquiagem por crianças brasileiras. Veja abaixo o texto dessa matéria.
—–

Tem novidade no mundinho das festas de aniversário e brincadeira de boneca. Maquiagem virou moda também para meninas de até de três, quatro anos de idade. Esta moda já fez do Brasil o segundo maior consumidor do mundo de maquiagem infantil.

Mas será que isso é bom para as crianças? O que dizem pais, psicólogos e dermatologistas? A repórter Patrícia Poeta foi saber.

O assunto é maquiagem para criança. Então, preste atenção, porque a Vitória, de seis anos, tem muito a dizer.

“A sombra azul forte, a outra eu boto de dia e outra de noite. Não me maquio todo dia. Menos para ir na escola. Eu me maquio quando eu vou para o shopping, quando eu vou passear”, conta Vitória.

A fofa da Vitória não é a única. Maquiagem também é a grande curtição da Lorena, da Tamires, da Letícia e até da Isabela, de 2 anos.

Encontramos a turminha em um salão de beleza infantil no Rio de Janeiro. Meninas a partir de três anos adoram ir lá para brincar, fazer as unhas e se maquiar. Incrível, mas esse tipo de salão é cada vez mais comum.

Menina gostar de maquiagem não tem nada de mais. Todas nós tivemos aquele fascínio por produtos de beleza na infância. O problema é que para muitas crianças isso virou coisa séria, do dia-a-dia. É aí que acende a luz amarela na casa de boneca.

Márcia, a mãe da Vitória, está de olho na nova mania das meninas. Para ela, a palavra mágica é limite.

“Já quis ir às 7h para escola com batom super vermelho. Então isso a gente tenta deixar só que ela vá com gloss, uma coisa mais suave”, diz Márcia.

“Outro dia ela veio com a idéia de passar rímel. Eu falei: minha filha, isso não é bom para o colégio. Não ainda, mas o que acontece é que elas estão despertando bem mais cedo esse interesse pela maquiagem”, afirma a mãe de Isabela.

Mas como saber se as crianças estão passando dos limites?

“Quando a criança está se maquiando num contexto de brincadeira, isso é normal, faz parte do desenvolvimento dela. O que nos chama a atenção é quando a crianças passa a adotar um comportamento que é do mundo adulto: então eu tenho que me maquiar, eu tenho que ficar bonita para uma festa. Então só posso ir se eu for para um salão, se eu pintar a unha. Isso é para acender um sinal amarelo”, adverte a psicanalista

Atenção, pais, para o sinal vermelho – 20% das crianças já sofreram algum tipo de reação alérgica provocada por cosméticos.

“O meu conselho: por favor, não utilizem esses produtos em crianças, não estimule utilizar cosmético em criança. Deixa a criança ao natural que é mais bonita. Mesmo que seja aquele cosmético especialmente para criança, porque ele é especial para criança, mas ele também contem produtos que podem levar a alergia”, alerta o alergista Carlos Loja, presidente do Comitê de Alergia da Sociedade Brasileira de Pedriatria.

A onda da maquiagem infantil tem também um efeito máquina do tempo.

“E eu que perco com isso, né, porque o dia que bota gloss eu não ganho beijo, senão tira a maquiagem”, brinca o pai de uma das meninas, Luiz Antonio Andrade.

Fonte: Fantastico (Globo.com)

Comments

comments

Comments

comments