Marvel licencia Hulk e Homem de Ferro no Brasil

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Presidente internacional da companhia visita o país para anunciar o lançamento dos filmes com objetivo de impulsionar negócios de licenciamento

(Ruy Barata Neto)

O presidente da Marvel Internacional, Simon Philips, esteve no Brasil nesta terça-feira, 25, para anunciar lançamento dos filmes Homem de Ferro e O Incrível Hulk, que deverão chegar aos cinemas de todo o mundo ainda no primeiro semestre de 2008, o primeiro em maio e o segundo em junho. Por ser responsável pelos negócios de licenciamento da Marvel, Philips tem como objetivo impulsionar os negócios do setor para que produtos dos personagens estejam no mercado na mesma época de lançamento dos filmes. A ITC Licensing é a representante Marvel no Brasil e já garantiu 10 contratos para Homem de Ferro.

A visita de Philips é justificada pelo fato de que o licenciamento de personagens cresceu exponencialmente em mercados como Brasil e México depois que longas-metragens dos seus super-heróis como Homem-Aranha, X-Men e Quarteto Fantástico passaram a ser lançados pelos estúdios de Hollywood. “O mercado internacional está crescendo muito para a Marvel e o Brasil tem o maior potencial para expandir o negócio de licenciamento”, afirma Philips. Mas Marvel e ITC mantêm em sigilo absoluto os números de crescimento e receita adquirida nos mercados latinos com licenciamento.

A única informação divulgada pelo presidente da ITC, Peter Carrero, é que neste ano 140 contratos de licenciamento foram assinados no Brasil, o que foi impulsionado principalmente pelo lançamento de ‘Homem-Aranha 3’ no primeiro semestre deste ano. Segundo Carrero, a receita obtida com o licenciamento deve ser 108% maior em 2007 quando comparado com o ano passado. O terceiro filme do super-herói aracnídeo, produzido com a Sony/Columbia, obteve uma bilheteria de US$ 900 milhões, sendo cerca de 60% advindo fora dos Estados Unidos, historicamente o principal mercado.

Cinema
Homem de Ferro e O Incrível Hulk também marcam a estréia da Marvel na produção de filmes. Há dois anos foram feitos investimentos para a construção do novo braço de negócios, o Marvel Studios, com sede em Los Angeles e que passará a ser responsável pela produção dos filmes de personagens da editora de quadrinhos. “Queremos produzir sozinhos de dois a três filmes por ano”, afirma o diretor para a América Latina da Marvel Internacional, Peter Stalder. Com isso, a Marvel passa a concentrar a receita também de bilheteria dos seus filmes, além de lucrar depois com o licenciamento.

Homem de Ferro será distribuído na América Latina pela Paramount e traz como protagonista Robert Downey Jr., na pele do inventor Tony Stark, um bilionário que é seqüestrado e forçado a construir uma arma devastadora. Ao invés disso, constrói a armadura para proteger o mundo. Fazem parte do elenco Gwyneth Paltrow e Jeff Bridges.

Já Hulk ganhará sua segunda produção para o cinema. Não se trata de uma continuação do primeiro filme, de 2003, dirigido por Ang Lee. O novo será lançado com o título O Incrível Hulk justamente por ser uma adaptação mais fiel à série homônima da TV veiculada nos anos 80, o que é diferente do primeiro, que explorava muito o lado psicológico de Bruce Banner e do Hulk, além do conflito para dominar seus poderes.

Desta vez, segundo Simon Philips, é uma tentativa de mostrar o personagem mais engajado na função de super-herói como os fãs da TV estavam acostumados. A produção é mantida em absoluto sigilo e será distribuída pela Universal na América Latina. O ator Edward Norton será Bruce Banner e Liv Tyler será Betty Ross.

O Marvel Studios é o terceiro braço de negócios da companhia, que além da tradicional editora de quadrinhos também trabalha com o licenciamento direto dos personagens nos Estados Unidos e na Inglaterra. O licenciamento em outros países é realizado por 15 representantes sendo três na América Latina.

Fonte: Meio&Mensagem – 25/09

Comments

comments

Comments

comments