Marca influencia na percepção que as crianças têm de alimentos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Para as crianças americanas entre três e cinco anos, a comida fica mais gostosa se vier acompanhada dos arcos dourados da cadeia de fast-food McDonald’s, afirma um estudo divulgado nos Estados Unidos.

Pesquisadores da Universidade de Stanford e do Lucile Packard Children’s Hospital, na Califórnia, ofereceram a um grupo de 63 crianças duas porções de nuggets, hambúrgueres, batatas fritas, cenourinhas e leite.

Uma delas foi entregue em uma embalagem estampada com a logomarca da rede e continha a mesma refeição da outra, entregue às crianças em uma embalagem sem identificação.

Os nuggets, hambúrgueres e batatas fritas foram compradas no McDonald’s. As cenouras e o leite foram comprados em um supermercado local.

A equipe pediu às crianças que provassem a comida das duas embalagens e dissessem, então, a que achavam mais gostosa – ou se as duas tinham o mesmo gosto.

De acordo com os autores do estudo, nuggets, batatas, cenouras e leite identificados com a rede de fast-food foram considerados melhores pela maioria das crianças.

O efeito da marca é muito forte, mesmo quando se trata de crianças entre três e cinco anos“, disse o Dr. Thomas Robinson, coordenador do projeto e diretor do Centro para um peso saudável do Lucile Packard Children’s Hospital.

“Elas acreditam mesmo que um nugget de galinha que pensam ser do McDonald’s é de fato mais gostoso do que um nugget idêntico, mas sem marca”, explicou.

Robinson apontou a estratégia de marketing do McDonald’s como a razão por trás da preferência infantil observada durante a pesquisa.

“Ninguém gasta tanto dinheiro anunciando seus produtos para as crianças”, afirmou.

Segundo o estudo, a rede McDonald’s investe mais de 1 bilhão de dólares por ano em propaganda nos EUA, onde outras pesquisas feitas nesse ano mostram que crianças entre dois e 11 anos são expostas a cerca de 5.500 anúncios de comida por ano.

Agência Frans Press (publicado em Último Segundo) – 08/08/07

Comments

comments

Comments

comments