China suspende exportação do brinquedo Bindeez

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

As autoridades chinesas suspenderam a exportação do brinquedo Bindeez.
O Bindeez é alvo de recall nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. Com ele, as crianças montam desenhos colando minúsculas bolinhas coloridas com água. E foi justamente nessa goma que os técnicos americanos encontraram o GHB, substância conhecida como “ecstasy líquido”, usada nos golpes “Boa noite, Cinderela”.
A Agência Nacional de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena da China informou que interditou a saída dos brinquedos da fábrica, cujo nome não revelou, e disse que está realizando testes no produto, cujos resultados divulgará o mais rápido possível.

A empresa australiana Moose Enterprise, que tem um escritório regional em Hong Kong e fábricas na China, é quem vende o brinquedo. Esta, por sua vez, está investigando porque o brinquedo contém o solvente químico tóxico 1,4-butanediol, em vez do não tóxico 1,5-pentanediol.

O contato com a substância tóxica, conhecida também como “ecstasy líquido”, colocado em bebidas de vítimas do golpe “Boa noite, Cinderela”, pode acontecer ao passar a mão sobre o brinquedo e levá-la à boca em seguida.

No Brasil, o Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) afirmou nesta sexta-feira que estão previstos multas e até fechamento para a loja que insistir em vender o brinquedo Bindeez, suspeito de conter substância tóxica, antes dos resultados dos novos testes, que devem sair na semana que vem.

Desde o final desta quinta-feira, o Inmetro e a Long Jump, distribuidora do produto no Brasil, que afirmou não haver contaminação no lote vendido no país, estão recolhendo os produtos das lojas, por prevenção.

Fonte: O Globo – 10/11/07

Comments

comments

Comments

comments