Brinquedos tecnológicos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto


Várias opções de brinquedos hi-tech chegam ao mercado. Robôs para crianças brincarem já são realidade.

O boneco Yumel, da Grow, é voltado a crianças com cerca de 3 anos de idade. Com mais de 1.000 frases e palavras em sua memória, ele é capaz de fazer milhões de combinações diferentes para conversar. Dotado de um programa de inteligência artificial com sensores de som, toque e posição, Yumel interage como uma criança, conta conta seus sonhos e canta.

O robô canino i-Dog, da Gulliver, é o primeiro pet eletrônico que interage com seu dono e se alimenta de música. Ao ser conectado a um MP3 player ou outro dispositivo portátil se torna um auto-falante e, além de emitir o som, se movimenta no ritmo da música. O tipo de música que o dono ouve influenciará o tipo de personalidade e o humor do cãozinho e podem ser percebidos por meio das luzes que piscam em seu rosto. Cada cor representa um ritmo e as diversas animações de luzes mostram seu humor. A luz vermelha representa rock e punk, a verde dance e techno e a amarela hip hop e rap.

Com lançamento previsto nos Estados Unidos para o meio deste ano, o dinossauro Pleo, da Ugobe, tem seis processadores, 38 sensores e 14 motores. Esse brinquedo é capaz de imitar um animal real, inclusive com reações a estímulos, como um carinho na cabeça, como se fosse um animal de verdade. O preço estimado de venda nos EUA será de 250 dólares.

Comments

comments

Comments

comments